Avenida José Munia - 7301

JD. Vivendas

São José do Rio Preto-SP

contato@incorriopreto.com.br
Tel: (17) 2139 8300 - (17) 3512 4300

  • Wix Facebook page
  • Soundcloud Classic
  • YouTube Classic
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page

Incor Rio Preto 

Todos os direitos reservados

Copyright© 2019

Doenças cardiovasculares

são causa de 80% das mortes de diabéticos

Pesquisa feita Federação Internacional de Diabetes (IDF) feita com mais de 12 mil pacientes, em 133 países, comprova o impacto desta doença crônica no coração e sistema vascular.

O estudo mostrou que 80% das mortes de pessoas com diabetes estão relacionadas às doenças cardiovasculares. Dos mais de 400 milhões de casos de diabetes no mundo, 90% apresentam ao menos um fator de risco cardiovascular.

 

Entre os 12 mil diabéticos ouvidos, 600 são brasileiros, dos quais, 37% homens e 63% mulheres, entre 20 e 79 anos.

A pesquisa concluiu também que os problemas ligados ao coração lideram as causas de mortes e incapacidade entre pessoas com diabetes tipo 2, o mais comum da doença. A pessoa com diabetes tipo 2 tem até quatro vezes mais chance de sofrer ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral (AVC).

No Brasil, mais de 12 milhões de pessoas têm diabetesNa última década, houve um aumento de mais de 61,8% nos casos registrados pelo Ministério da Saúde, fazendo com que os brasileiros figurem na lista daqueles que mais sofrem com a doença no mundo. 
 
As mortes causadas por diabetes saltaram de 54.877 para 61.398 mortes, por ano, entre 2010 e 2016, aumento de 11,8%, segundo o Ministério da Saúde.
 
A pesquisa também revelou outro dado muito preocupante. O desconhecimento dos diabéticos sobre a relação entre a doença e os problemas cardiovasculares.

Dos brasileiros entrevistados, 18% não sabiam sobre os possíveis riscos da doença para o coração e 23% disseram sequer lembrar de ter comentado a respeito com seus médicos.

A pesquisa do IDF ainda revelou que 63% dos entrevistados brasileiros apresentavam múltiplos fatores de risco para doenças cardiovasculares e/ou já tinham sofrido algum evento cardiovascular.

Além disso, embora 88% dissessem confiar em seus médicos durante o tratamento, quase 70% gostariam de mais informações sobre o assunto. 


  
Na América Latina, existem 28 milhões de pessoas com diabetes.

No Brasil, uma a cada 12 adultos vive com a doença.


 

O que é o diabetes?

O diabetes é a doença crônica que causa a incapacidade da pessoa produzir insulina – hormônio essencial para o controle da glicose – ou causa a disfunção que impede o organismo de usar a substância de forma adequada. A consequência é o aumento dos níveis de açúcar na sangue.
 
É o caso do diabetes tipo 2, o mais comum, com prevalência de quase 9% da população apenas no território brasileiro. Essa resistência provoca alterações na estrutura vascular e no sistema nervoso, prejudicando o controle da frequência cardíaca e da pressão arterial.